Como são aulas de teatro?

Para você que nunca passou por uma escola de teatro ou nunca teve aulas referentes ao assunto, hoje trazemos um pouco de como são aulas de teatro. Assim, você vai ver quão valiosas elas podem ser para sua carreira, seja de ator ou não.

  • Expectativa

Antes de iniciarmos o curso de teatro ou até mesmo antes da matrícula, existe um pensamento comum que paira a mente de muitos: “Será que eu consigo? ” ou ainda “Será que eu sou bom o suficiente?”. A resposta é sim e com certeza.

Quando pensamos em teatro lembramos de grandes artistas, como Tony Ramos, Fernanda Montenegro ou Wagner Moura, porém o que poucos sabemos é que todos eles também tiveram essa incerteza um dia. O início de qualquer coisa é sempre complexo e cheio de incertezas, porém, seja você uma pessoa tímida, seja você uma pessoa expansiva, o teatro tem lugar para cada um. O teatro é a mais eclética das artes e também a mais acolhedora.

  • O início

Para aqueles que estão tendo contato com aulas de teatro pela primeira vez, a sensação é diferente de tudo o que já vivemos. Em sociedade somos acostumados a reprimir qualquer comportamento fora do padrão, seja a pessoa que fale mais alto no trabalho, seja a que se expresse com gestos mais eloquentes ou ainda pessoas que dançam em qualquer lugar. Julgamos essas pessoas pelo seu comportamento considerado “diferente”.

Já no teatro, essa “premissa” social é quebrada. O sentimento de passar vergonha por tentar algo diferente pouco a pouco é esquecido, uma vez que todos estão lá para fazer o mesmo. A sensação de se arriscar sem julgamentos é libertadora. A liberdade em tentar uma voz diferente para um personagem, em andar diferente ou até mesmo em se apresentar de formas diferentes, são apenas algumas barreiras ultrapassadas.

Através de exercícios como improvisação, trabalho corporal em grupo e a prática da audição ativa, começamos a entender que nós é que colocamos as barreiras e criamos nossas próprias vergonhas. Com isso, logo nas primeiras semanas você percebe benefícios vindos das aulas de teatro. Seja você o diretor de uma empresa, suas apresentações ficam mais dinâmicas, seja você ator iniciante, seu gosto por teatro e por estar no palco crescem e você sente cada vez mais vontade de estudar e se apresentar.

Todas as aulas são mini espetáculos onde você tem a oportunidade de trazer coisas novas e mostrar para todos o quão versátil você é.

  • As atividades

As aulas de teatro não se resumem a aulas de encenação ou de passagens de texto, na realidade essa acaba sendo uma parte dependente das demais. Aulas de voz, para auxiliar na boa projeção da voz e dicção, aulas de corpo, para nos conectarmos ao nosso corpo e conseguirmos passar para ele a realidade de um personagem, aulas de preparação para câmera, o que devemos ou não fazer e aulas de criação de personagens, para elaborarmos personagens que brilhem aos olhos da plateia, são alguns exemplos de atividades.

Todas as atividades desenvolvidas em aulas de teatro têm o intuito de preparar o aluno não para uma peça específica e sim desenvolvê-lo em todos os sentidos. Quando você se apresenta em frente à uma câmera e se assiste, você percebe pequenos erros, sejam na postura ou fala, e assim pode corrigi-los. Quando você aprende a aquecer sua voz e a prepara-la antes de uma apresentação, você percebe ganhos significativos na sustentação oral e projeção da voz. Seja em atividades mais técnicas ou nas mais diferentes possíveis, os ganhos são sempre muitos.

Existem também atividades feitas para tirar o aluno da famosa “zona de conforto”. Sabe aquele papo que todo gerente/diretor/executivo vive falando, então exatamente isso. Atividades que desafiam a criatividade onde você passa a ser o escritor da peça ou atividades corporais onde você dá vida à um personagem que outra pessoa inventou, aguçam a criatividade e te forçam a pensar de formas completamente diferentes, te desenvolvendo tanto profissionalmente quando na vida pessoal.

  • As apresentações

Como todos sabemos bem, não existe recompensa sem trabalho duro e no teatro não seria diferente. No decorrer do curso, você é desafiado de diferentes maneiras, em alguns momentos se vê irritado ou até contrariado ou se vê realmente perdido, a ponto até de jogar tudo pro alto. Mas algo em você fala para continuar, te empurra e te faz melhorar. Algo em você te faz decorar textos e mais textos de uma forma que nem você sabia que era capaz. Algo em você te desafia e te faz querer mais e mais. Essa vontade te leva a estudar teatro no ônibus indo pro trabalho, no intervalo da escola ou te faz parar tudo para aprender mais um pouquinho. Essa vontade é traduzida em uma coisa, a apresentação.

Geralmente os cursos de teatro trabalham o aluno para realizar pelo menos uma apresentação no decorrer do curso, assim o aluno tem um objetivo a ser alcançado. E no começo o que era medo, se tornar pavor e se transforma em alegria pura e realização pessoal.

O medo inicial de não conseguir dá lugar à confiança de saber ser capaz. O pavor nos erros ou no esquecimento de algum texto dá lugar à criatividade e jogo de cintura para contornar qualquer situação. E a alegria sem fim de dever cumprido marca pra sempre nossa memória.

No teatro a recompensa vem do sorriso sincero da plateia, do aplauso de pé de uma criança ou na lágrima de alguém tocado pela sua performance. O teatro é algo que instiga, irrita e te faz feliz na intensidade que você desejar. Além de ser extremamente viciante.